top of page

Primeiro Informativo de 2024
Janeiro a março

 

Cabeçalho Amerj.png

MENSAGEM DO MÊS

RECOMEÇO

Não gastes a riqueza do tempo com lamentações improfícuas, nem destruas o valor das horas no fogo da agitação.

Cala-te e pensa.

Sofreste talvez prejuízos enormes.

Provavelmente caíste em erro.

Padeces desenganos que jamais esperaste.

Encontraste problemas que te parecem insolúveis.

Fracassaste naquilo que entendias como sendo o melhor em teu favor.

Entretanto, queixas e aflições vazias, não te amparam de modo algum.

Reflete em teu arsenal interior de recursos e bênçãos e surpreenderás um tesouro de energias em ti mesmo, cujo acesso descobrirás, meditando simplesmente nestas duas palavras:

- POSSO RECOMEÇAR.  EMMANUEL

REALIZAÇÃO INTERIOR

Enquanto o homem não se convencer de que lhe é necessário conquistar as paisagens íntimas, suas realizações externas deixá-lo-ão em desencanto, sob frustrações que se sucederão tantas vezes quantas sejam as glórias alcançadas no mundo de fora.

À semelhança de uma semente, na qual dormem incontáveis recursos, que surgem a partir da germinação, cabe ao ser humano desatar os valores que lhe dormem inatos, facultando-se as condições de desenvolvimento, graças às quais logrará sua plenitude.

Muitas vezes, as dificuldades que o desafiam são fatores propiciatórios para o desabrochar dos elementos adormecidos, e para que sua destinação gloriosa seja alcançada.

O homem de bem, que reúne os valores expressivos da honra e da ação edificante, faz-se caracterizar pelo esforço, pelo empenho que desenvolve, realizando o programa essencial da vida que é sua iluminação íntima.

Somente essa identificação com o si profundo facultar-lhe-á a tranquilidade, meta próxima a ser conseguida. Partindo dela, novas etapas surgirão convidativas, ensejando o crescimento moral e intelectual proporcionador da felicidade real.

Todas as conquistas externas - moedas, projeção social, objetos raros, moradia, eletrodomésticos, aparelhos eletrônicos - não obstante úteis para a comodidade, à automação e sintonia com o mundo, bem como com a sociedade, não podem acompanhar o ser, quando lhe ocorre a fatalidade biológica da morte.

Cada qual desencarna com os recursos morais e intelectivos que amealhou, liberando-se ou não dos grilhões emocionais que o prendem às quinquilharias a que atribui valor.

Na luta pela aquisição das coisas, as batalhas se tornam renhidas, graças à competição, às angustiantes expectativas das disputas, nas quais o crime assume papel preponderante, com resultados quase sempre funestos.

Na grande transição, tudo aquilo que constituiu motivo de luta insana perde o significado, passando a afligir mais do que antes.

Não te descures da auto iluminação.

Se buscares a consolidação da estrutura socioeconômica pessoal e familiar, vai mais longe, e intenta a conquista dos tesouros íntimos.

Exercita as virtudes que possuis em germe, dando-lhes oportunidade de se agigantarem, arrastando outros corações.

Recorda-te, a cada instante, da brevidade do corpo físico e reivindica o treino para a morte, mantendo-te em serenidade, reflexão e ação iluminativa.

Vida interior é conquista possível, e está ao teu alcance. Logra-a, quanto antes, e sentirás a imensa alegria da plenificação. 

Joanna de Ângelis.

 

LIÇÃO DE VIDA

Que Deus não permita que eu perca o Romantismo mesmo eu sabendo que as rosas não falam...

Que eu não perca o Otimismo, mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre...

Que eu não perca a Vontade de Viver, mesmo sabendo que a vida é em muitos momentos dolorosa...

Que eu não perca a Vontade de Ter Grandes Amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas..

Que eu não perca a Vontade de Ajudar as Pessoas, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir esta ajuda...

Que eu não perca o Equilíbrio, mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia...

Que eu não perca a Vontade de Amar, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo, pode não sentir o mesmo sentimento por mim..

Que eu não perca a Luz e o Brilho no Olhar, mesmo sabendo que muitas coisas que verei  no mundo, escurecerão meus olhos...

Que eu  não perca a Garra, mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos...

Que eu não perca a Razão, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas...

Que eu não perca o Sentimento de Justiça, mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu...

Que eu não perca o meu Forte Abraço, mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos...

Que eu não perca a Beleza e Alegria de Viver, mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma...

Que eu não perca o Amor por Minha Família, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter sua harmonia... Que eu não perca a Vontade de Doar este Enorme Amor, que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado...

Que eu não perca a Vontade de Ser Grande, mesmo sabendo que o mundo é pequeno...

E acima de tudo...

Que eu jamais esqueça que DEUS me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois...

A Vida é Construída de  Sonhos e Concretizada com Amor!

Agenda de trabalho.jpg

GOTAS DE ORVALHO

  • O maior sustentáculo da criatura é o Amor.

  • A alma, em si, apenas se nutre de amor!

  • O amor divino é o cibo do universo!

  • Tudo se equilibra no amor divino de Deus.

  • Toda a estabilidade da alegria é problema de alimentação puramente espiritual.
    Nas diversas esferas da vida, todo sistema de alimentação tem no amor a base profunda.

CHICO XAVIER​

PENSAMENTO DO MÊS

“A caridade é o amor, é o sol que Nosso Senhor fez raiar claro e fecundo; alegrando, nesta vida a existência dolorida dos que sofrem neste mundo.”

Chico Xavier

A BÊNÇÃO NA SAÚDE

A saúde resulta de vários fatores que se conjugam em prol da harmonia psicofísica da criatura humana. Procedente do espírito, a energia elabora as células e sustenta-as no ministério da vida física, assim atendendo à finalidade a que se destinam.

Irradiando-se através do perispírito, fomenta a preservação do patrimônio somático, ao qual oferece resistência contra os agentes destrutivos, em cuja agressão se engalfinha em luta sem cessar.

Quando essas forças se desorganizam, aqueles invasores microbianos vencem a batalha e instalam-se, dando origem e curso às enfermidades.

Na área dos fenômenos emocionais e psíquicos, face à delicada engrenagem do aparelho pelos quais se expressam, a incidência da onda energética do espírito, nesses tecidos sutis, responde pelo desequilíbrio, mais grave se tornando a questão dos desconcertos e aflições alienantes.

Nesse capítulo, as estruturas profundas do ser, abaladas pelas descargas mentais perniciosas, além dos desarranjos que provocam, facultam a sintonia com outros espíritos perturbadores e vingativos, que se homiziam nos campos psíquicos, produzindo infelizes obsessões.

A preservação da saúde exige cuidados preventivos constantes e terapêuticos permanentes, pela excelência de que se reveste, para as conquistas a que está destinada durante a reencarnação.

Diante das inumeráveis patologias que atribulam o ser humano, a manutenção do equilíbrio psíquico e emocional é de fundamental importância para a sustentação da saúde.

Desse modo, visualiza-te sempre saudável e cultiva os pensamentos otimistas, alicerçado no amor, na ação dignificante, na esperança.

Liberta-te de todo entulho mental, que te pode constituir fonte de intoxicação e estímulo às vidas microbianas perturbadoras, conservando-te em paz íntima.

Se a enfermidade te visita, aproveita-lhe a presença para reflexões valiosas em torno do comportamento e da reprogramação das atividades.

Pensa na saúde e deseja-a ardentemente, sem imposição, sem pressão, mas com nobre intenção.

Planeja-te saudável e útil, antevendo-te recuperado e operoso no convívio familiar e social como instrumento valioso da comunidade.

Vincula-te à Fonte Generosa de onde profanam todas as forças e haure os recursos necessários ao reequilíbrio.

Reabastece o departamento mental com pensamentos de paz, de compaixão, de solidariedade, de perdão e de ternura, envolvendo-te, emocionalmente, com a Vida, de forma a te sentires nela integrado, consciente e feliz.

Doença, em qualquer circunstância, é prova abençoada, exceto quando, mutiladora, alienante, limitadora, constitui expiação oportuna de que as Soberanas Leis se utilizam para promover os calcetas que, de alguma forma, somos quase todos nós.

Saudável, aproveita o ensejo para te preservares, produzindo mais e melhor.

Enfermo, agradece a Deus e amplia os horizontes mentais no amor para te recuperares, hoje ou mais tarde, seguindo adiante em paz e confiança.

JOANNA DE ÂNGELIS

CONFIE SEMPRE

Não perca a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda que os teus pés estejam sangrando, segue para frente, erguendo-a por luz celeste, acima de ti mesmo. Crê e trabalha. Esforça-te no bem e espera com paciência. Tudo passa e tudo se renova na terra, mas o que vem do céu permanecerá. De todos os infelizes, os mais desditosos são os que perderam a confiança em Deus e em si, porque o maior infortúnio é sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo. Eleva, pois, o teu olhar e caminha. Luta e serve. Aprende e adianta-te. Brilha a alvorada além da noite. Hoje é possível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte. Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia.

CHICO XAVIER

INSTRUÇÕES ESPIRITUAIS

PARTE I

OBSESSÃO: Do ponto de vista espírita, a obsessão é tida na conta de uma influenciação perniciosa exercida por um espírito mau sobre um encarnado. Em boa parte das vezes, as causas remontam ao pretérito por conta do desejo de vingança. Aquele que foi vítima de crueldade ou traição passa a cultivar ódio incontrolável e, a partir daí, despontam os quadros obsessivos decorrentes da ilusão de se querer praticar a justiça com as próprias mãos. Inúmeras aflições, inclusive enfermidades complexas, podem ter como causa os processos obsessivos de longo curso. Enquanto a humanidade estiver alheia aos preceitos evangélicos que privilegiam o perdão, certamente, muita violência vitimará criaturas, ainda, por um certo tempo. A obsessão só sobrevive em decorrência do ódio arraigado nos corações. À medida que a tolerância, o esquecimento das faltas e o perdão tornarem-se características estáveis do nosso padrão comportamental, mais rapidamente a humanidade ver-se-á livre dos acontecimentos obsessivos.

REFORMA-ÍNTIMA: reformar é modificar algo para melhor. Uma construção antiga e carcomida pelo tempo pode ser demolida e, em seguida, reconstruída com base em padrões modernos e estéticos da moderna arquitetura. Torna-se um monumento a ser admirado pelos olhos. Da mesma forma, o gênero humano está destinado a sofrer intensa reforma não na aparência, mas na essência do psiquismo profundo.

Tal esforço é reconhecido como reforma íntima, pois visa a troca do “homem velho” pelo “homem novo”, mudança que deverá adornar cada vez mais a paisagem existencial do atual milênio. O ser carcomido pelos defeitos morais arcaicos passará por sensíveis modificações capazes de lhe restaurar a intimidade psíquica para melhor, desde que assim o deseje. Reforma íntima é medida urgente a ser adotada por todos que se cansaram das dores morais. Não é um sonho, mas um esforço real e ao alcance de todos, uma iniciativa honesta cuja resultante será a harmonia desfrutada na crosta.

Ninguém foi criado por DEUS para afinar-se eternamente com o mal.

Somos fagulhas divinas, trazemos conosco a destinação do bem, mas para que nossas almas reflitam com pureza a luz do Senhor da vida é preciso empenho no esforço da reforma íntima. “Os que não aceitam tal idéia e persistem no mal, na condição de joio” serão expurgados do convívio com os bons, pois o planeta começa a ser habitado pelo “trigal” desejoso de cooperar com o Cristo na redenção definitiva da humanidade.

AVISOS

Caros irmãos, dado às obras que a Associação precisa realizar para melhor acolher aqueles que a procuram, algumas pessoas têm-nos abordado no sentido de colaborar com a Casa auxiliando nas despesas desta Instituição; assim orientamos a todos aqueles que se disponham a tal, somente o façam através dos responsáveis pela Casa e procurem nossa Secretaria. Saibam que a Associação é uma Instituição sem fins lucrativos e que toda a assistência por ela prestada é absolutamente gratuita. Aos senhores médiuns (efetivos) e conselheiros, informamos que deverão procurar a Secretaria para atualizar seus cadastros e tomar ciência das obras que se pretende, pois são para benefício de todos e manutenção do Patrimônio legado pelos fundadores.

Imagem site 5.png
bottom of page