AMERJ hoje

 

Atualmente, a AMERJ está buscando uma melhor adequação aos apelos que motivam as tendências da época atual, impulsionada pelas circunstâncias próprias, e pelo fluxo que o mundo espiritual lhe insufla. A Associação caminha, muito mais pela “vontade dos seus Mentores” e pela Espiritualidade do que pela determinação de seus associados; ou seja: guiados por uma “Vontade Superior”, apontando para um destino que nos parece muito mais atrelado ao conhecimento, do que ao determinismo em si. Isto, obviamente, requererá mentes mais fundamentadas nos parâmetros da Ciência, tanto materialmente falando como da ciência Espiritualista, oriunda de Antigas Tradições Místicas baseadas nos ensinamentos do Cristo. Esta constatação fundamenta-se no fato de que, nestes últimos anos, mais precisamente nesta última década, vem evidenciando-se a presença de Entidades espirituais que se apresentam através duma simbologia própria das Esferas Transcendentais, algumas das quais, conhecidas nas Antigas Tradições e Escolas de Mistérios; e outras, absolutamente, fora de contextos conhecido. Entretanto, e apesar de que a base doutrinária da Casa é fundamentada nos ensinamentos Cristãos e Kardecistas é aberta, também, a outras “linhas filosóficas”, permitindo, portanto, que médiuns de outras denominações façam parte desta verdadeira “Irmandade” e que, neste “cadinho”, se reúna a amálgama das mais variadas vertentes, de modo a caminhar juntos para um mesmo objetivo, aproveitando a experiência de cada um e procurando orientar a aqueles que, pela primeira vez, tomam ciência e se iniciam na Senda, seguindo as determinações do Cristo. A AMERJ, continua em seu labor (no momento) prioritária, de atendimento caritativo, (altruístico), portanto, sem fins lucrativos; muito mais voltada para o socorro dos necessitados de auxílio espiritual. E, simultaneamente, selecionando alguns casos que possam servir para estudo e pesquisas afim de, ampliar o conhecimento de seus membros e servir de mecanismo para um melhor atendimento e aprimoramento de possíveis métodos, para o estudo da solução de problemas, de ordem espiritual, que se apresentem.Assim, a Associação de Medicina e Espiritismo do Rio de Janeiro, por ser uma Casa, por princípio, Espírita/espiritualista, voltada para a Caridade, mantém presente dentro de suas diretrizes o atendimento fraterno a qualquer pessoa sem distinção de credo, raça, sexo, profissão ou procedência; respeitando o livre arbítrio de cada um, não sendo, a crença religiosa, impedimento para ser atendido na mesma. 
 
A AMERJ, entretanto, não trata de males físicos, especificamente, pois para isso existe a Ciência convencional. Ela (a AMERJ) dá suporte ao lado espiritual para, muitas das vezes, encaminhar ou orientar as pessoas na procura de sua realização dentro desse campo, possibilitando uma melhor compreensão do fenômeno de fundo espiritual pelo qual está passando e, desta forma, conscientizar da necessidade de promover uma reforma interior mais profunda, podendo obter a sua cura e, assim, tornar-se um cidadão mais equilibrado e consciente do seu papel na sociedade onde vive e, no mundo como um todo. A Associação de Medicina e Espiritismo do Rio de Janeiro, através dos trabalhos e métodos, por ela desenvolvidos e aplicados, no percurso destes anos, desde sua fundação, até a presente data, veio adquirindo conhecimentos diversos, principalmente, trazidos por Entidades, das mais diversas procedências do Mundo Espiritual, e sob a égide de Jesus, e tendo Francisco de Assis como patrono da Casa, bem como um número incalculável de Guias e Mentores, das mais variadas correntes e origens, vem mantendo sua constância nos trabalhos de caridade, voltados para o atendimento dos enfermos espirituais em geral. O Triângulo: CIÊNCIA, RELIGIÃO e MORAL, foi, é e será o tripé onde se assenta toda a estrutura da AMERJ e, é sua meta inabalável. Entretanto, como em toda instituição submetida às necessidades e aos apelos circunstanciais da época em que “transita”, poderá estar atuando mais estritamente, em determinado período, sobre uma das faces desse triângulo, na busca constante do objetivo maior que é “A MORAL por FIM”.